sábado, 30 de maio de 2009

Yes Man!!!!!


Sim senhor!! Vc pode assistir a esse filme sem medo de se arrepender! Gargalhada na certa; primeiro por ser com o Jim Carrey (ah vai dizer q só de olhar pra cara dele na imagem aí em cima não dá vontade de rir???!!!), segundo pq a história é ótima!!! Acho q todo mundo ja ouviu... mas vá lá... Jim é Carl Allen, um sujeito cuja vida não esta indo para lugar nenhum, até q ele decido participar de um grupo de auto-ajuda onde a única regra é dizer sim a tudo (tudo meeeeesmo!!). Aí as coisas começam a mudar, e ele passa por várias experiências q nunca nem sonhava um dia ter! Sutilmente o filme diz q a vida fica mais "feliz" quando vc resolve aceitar novos desafios... Concordo! Claro q não vamos sair por aí dizendo sim pra tudo até pq o próprio personagem se mete em algumas roubadas por dizer sim a tudo, mas acho interessante aceitar coisas novas, diferentes e principalmente talvez experimentar akilo q vc diz q jamais faria... não é tão simples eu sei, e como eu disse não vamos experimentar tudo, mas talvez repensar se vc anda dizendo "não" demais seja um boa!
Como todos sabem adoro a revista Criativa, e na época do lançamento do filme eles fizeram uma matéria onde a repórter tinha q passar 7 dias dizendo sim a tudo. Nesse período ela matou uma barata (Minha heroína!!! Um dia eu sei q vou conseguir fazer como ela... por enquanto só com o spray e uma distância segura de pelo menos 1,5m e ainda assim peço pro maridão recolher os restos mortais! Afinal é pra isso q se tem um homem dentro de casa!!hauhauahuahauhauahua), abriu uma excessão na dieta do filho e fez uma bisavó feliz, se atrasou para vários compromissos, ganhou uma caixa de vinho (*.*) e tb aceitou várias matérias q não pretendia fazer... ela tb pesquisou estudos sobre o uso do "sim", como o do psicólogo Jacob Goldberg, professor convidado da faculdade de medicina  da University College London, na Inglaterra, q dizia q o sim faz parte do amadurecimento. "Dizer sim é viver uma expansão, uma espécie de aventura. Ficamos mais vulneráveis e menos protegidos, mas a chance de sermos felizes é maior do que quando dizemos não". Porém o mesmo faz ressalva contra os excessos de "sim" e diz q isso nos deixa passivos com relação a vida e nos anula. "Acho q falamos muito pouco as palavras 'talvez' e 'não sei'". Bem acho q vale seguir a dica do professor.  Depois quero saber como foi a experiência!
Well.... that's all folks!!! Gente só devo voltar a falar com vcs na segunda... findi cheio de coisas pra fazer! deixo vcs com o o link do trailer do filme pra dar um gostinho (é legendado!) 


Queria ter deixado o trailer, mas  ta dando erro pra carregar então foi só o link... Espero q tenham gostado e q se animem de assistir o filme, depois me contem hein?! bjks até segunda!!!

3 comentários:

Rafael Silveira disse...

Caraca, o filme parece ser ótimo mesmo!!!
Muito show!
Irei vê-lo o mais rápido possivel...
=D
Realmente, muitas vezes negamos a novos desafios que poderiam nos ajudar a madurecer melhor, e isso acaba nos prejudicando!
Grande abraço Muleca travessa, ops, Menina Travessa...
spaokspakspoaks

Vana disse...

Meu, dei risada com essa da barata!!!Eu tb morro de medo, grito tanto que parece que tao me matando!!!Mas gracas a deus aqui quase nao tem, pelo menos no meu apt.Deve ser porque fica friozao ne nao?E eu menina tenho uma dificuldade em dizer nao pras pessoas, no final me lasco claro....Nao vi esse filme, alias uma das coisas que sinto falta dai.Cansa muito assistir filme e ter que usar a tecla sap.No final nao entendo um monte de coisas....
Querida, essa mulher insana aqui nao conseguiu achar o Ygor na foto.Mas fala pra ele criar vergonha na cara e fazer um blog kkkkk!Bjs, hj nao sei se vou escrever, a preguica pra variar ta grande rsrsrs.

Nath. disse...

Oi Dayenne! Muito obrigada pelo seu comentário, foi muito relevante para mim. A primeira vez que eu tomei esta atitude por conta dos meus pais, no final das contas eu não me arrependi, porém tinham se passado 8 meses de namoro... foi muito difícil. Nesta caso não, estávamos só saindo, sem compromisso nenhum... hoje, pensando com mais calma... eu estou num momento que preciso me preparar para concurso, estou me formando no final deste ano... muitas coisas na cabeça pra fazer. É assim mesmo...

Estou seguindo seu blog, certo?? Não gostava muito de Jim Carrey, passei a gostar depois que ele começou a não fazer comédia, como número 23, muito bom este filme. Mas vou seguir o seu conselho e assistir (baixar e assistir hehehe).

Xêro! Bom domingo!!